A família dos tesourinhos

Seguidores

Apelo

Encontrei este blog , com o qual identifiquei-me na situação que esta mamãe está a passar, porque já passei por algo semelhante, sei dar o valor. Quem quiser e puder ajudar com roupinha de bebé e coisas de bebé que já não usem.

domingo, 15 de março de 2009

Resultados do desafio

Vamos então ao resultado das verdades/mentiras.
Ninguém acertou em tudo.
Quem esteve mais perto de acertar em todas foi a beedrill, falhou apenas uma da mãe.
Verdades/mentiras da mãe.
1 - Verdade.
Já estive grávida por 4 vezes.
Era só lerem o cabeçalho do blog.
2 - Verdade.
Perdi-me e fui parar à estação de metro e de táxis.
Como sei inglês, segui as indicações das setas e fui ao balcão das informações pedir à funcionária para chamar pelo altifalante pela minha irmã que estava lá à minha espera, e não a encontrava. Afinal ela estava a dois passos do balcão das informações, só que tanto ela como eu não nos reconhecemos, pois tínhamos nos visto pela última vez passados 6 anos.
3 - Mentira.
Não sei nadar. Como tenho medo, de ao ver tanta água, penso que me vou afogar, logo nunca chego a aprender a nadar.
4 - Verdade.
Prefiro viver no meio rural, mais calmo, menos trânsito, menos stress, apesar de ter vivido 30 anos em Angra do Heroísmo.
5 - Mentira.
É verdade que a primeira vez que fui ao continente foi para ir fazer um TAC, mas fui com a minha irmã. Não tinha direito a acompanhante por já ser maior de idade, mas como nunca lá tinha ido, não conhecia nada de lá e a minha irmã tinha lá estado a estudar, então paguei a passagem para ela ir comigo. Foi bom não ir sozinha pois a funcionária que me atendeu no hospital, só me fez sentir vontade para me enfiar por um buraco abaixo. Nada comparada, com o atendimento do médico.
6 - Verdade.
Em 1990, estive de Janeiro a Abril a tirar um curso de formação profissional no então Centro Profissional das Capelas, na ilha de São Miguel.
7 - Mentira.
Essa toda a gente acertou, pois claro que nos tempos que decorrem são poucas as pessoas que vivem desafogadamente.
Por aqui bem pelo contrário, até estamos é sobrevivendo, só com um vencimento.
8 - Verdade.
Devia ter 14 ou 15 anos, ao sair da Escola Padre Emiliano de Andrade, estava acabando de atravessar a rua quando a alça do meu saco ficou presa no guiador da mota, fazendo-nos cair.
9 - Verdade.
O meu primeiro emprego apesar de só ter durado uma semana, foi aos 15 anos numa fábrica de bordados.
Eram as férias grandes e ia trabalhar para ter um dinheirinho meu, mas como fiquei doente com anemia fiquei sem trabalhar.
O trabalho era pesado, a passar bordados de linho e lenços da mãos para irem para o estrangeiro.
Quem já trabalhou numa fábrica dessas sabe do que estou falando. Nem se podia conversar umas com as outras e só se podia ir uma vez à casa de banho.
Marco António
1 - Verdade.
Se deixarmos passa o dia todo a jogar no computador.
2 - Verdade.
Ao brincar, brinca com organização e faz uma história.
Por exemplo já montou tipo uma maquete de um aeroporto em cima da mesa de passar a ferro.
Tinha torre de controle, estação de autocarro, bombeiros, aviões caça para defenderem o aeroporto dos ataques de terroristas, etc. Os aviões para levantarem voo ou aterrar tinham que pedir permissão à torre de controle.
3 - Mentira.
Na praia adora brincar na areia.
Tem medo da água, nem se quer chegar para perto.
4 - Verdade.
Contou a educadora que ele foge de onde há conflitos. Simplesmente abandona e vai para outro local.
5 - Verdade.
Diogo e Leo dois amigos que este ano são de outras salas. João Pedro o filho do padrinho que também é de outra sala.
6 - Mentira.
Veste o que a mãe escolhe. É raríssimo dizer o que quer vestir.
7 - Mentira.
Talvez desde os 3 anos que não quer fralda para dormir.
A mãe é que se levanta a o por a fazer xixi durante a noite.
8 - Verdade.
Gosta que seja a mãe a dar-lhe de comer, mas se está com o pai, come com a sua mão.
9 - Verdade.
Desde que começou a desenhar que desenha caminhos e postes da luz, agora já faz mais coisas.
Júlio César
1 - Verdade.
Tinha 4 meses já dizia mamã.
Nunca se cala, mas as pessoas que não o conhecem dizem que não percebem o que ele diz.
2 - Mentira.
Adora brincar com pistolas.
Já cheguei a esconde-las por causa dele não magoar o irmão com elas.
Então não é que ele quer ser polícia quando for grande?
Onde já se viu um polícia sem ter pistola?
3 - Mentira.
Ainda usa fraldas, apesar das tentativas de desfralde.
4 - Verdade.
Tinha 9 meses quando começou a andar.
Começou a andar antes de se por de pé agarrado às grades.
Quando estava no nosso colo, fazia força para baixo e para se por de pé.
Quando começou a andar andava com os bracinhos abertos como duas asinhas para se equilibrar. Não se apoiava em nada.
5 - Verdade.
Anda bastante de bicicleta.
Até já se aventura a fazer algumas proezas, tais como andar sem se apoiar no guiador, tirar os pés dos pedais.
6 - Verdade.
É como o irmão, tem medo da água e adora brincar na areia.
7 - Verdade.
8 - Mentira.
É muito teimoso, só faz o que entende que tem que fazer.
Muito difícil de o convencer.
9 - Verdade.
Já gosta de desenhar.
Claro que o que faz com nexo, são coisas que copia, ou rotundas, caminhos, aviões.
Basta ver um desenho simples, que faz parecido.

1 comentário:

beedrill disse...

olha vês por pouco...pensava que estiveste gravida 3 vezes..e foi exactamente o cabeçalho que me confundiu...mas estive perto hi hi..beijinhos grandes

Carinhas larocas


Create Fake Magazine Covers with your own picture at MagMyPic.com



Create Fake Magazine Covers with your own picture at MagMyPic.com


Recordando o tesourinho


2º Aniversário de Marco António


3º aniversário do Júlio César

Miminhos