A família dos tesourinhos

Seguidores

Apelo

Encontrei este blog , com o qual identifiquei-me na situação que esta mamãe está a passar, porque já passei por algo semelhante, sei dar o valor. Quem quiser e puder ajudar com roupinha de bebé e coisas de bebé que já não usem.

segunda-feira, 13 de março de 2006

Passeio na cidade

Ontem fomos a Angra do Heroísmo.
Passamos em casa da avó paterna a deixar uma gatinha que apareceu no nosso quintal.
O gato da avó anda desaparecido à vários dias, então ela disse que ficava com essa gatinha.
A bichana ficou lá como se nada fosse.
Depois fomos ao hiper Modelo comprar fraldas para o tesourinho. E não é que estão mais baratas no hiper de Angra do que no da Praia, mas em compensação as toalhitas são mais caras em Angra.
Entramos em casa da avó materna e estivemos a almoçar.
Tesourinho tem andado com fastio.
Quando vê a sopa diz: naqué, naqué (não quero, não quero)
Fico desesperada por ele não comer. Mas felizmente lá consegui que ele comesse a canjinha da avó.
É claro que teve que ser distraído a acender luzes e a apagar ou a ver as máquinas, de lavar roupa e a de secar roupa.
Entretanto enquanto mamãe e papai almoçavam tesourinho foi com a tia Lurdes ao café e à casa das primas.
Disse a tia que tesourinho comeu um boião de maçã cozida (que a tia tinha levado de casa), sentadinho à mesa do café como um homem grande. E nem sequer se sujou.
Quando chegou com a tia vinha muito lindo o tesourinho.
As primas deram-lhe uns óculos de sol azul, que vem nas caixas dos cereais.
Ele já estava lindo de "alvarozes" (macacão de ganga) com um blusão vermelho de gola em ganga, botinha de pano cor cereja, boné de ganga com a pala virada para trás e os óculos.
Estava demais o meu tesourinho!
O pai era para lhe ter filmado para ficarmos com foto feita pela filmagem, mas tesourinho chegou a casa a dormir.
Depois fomos para o Jardim Público passear.
Tesourinho adorou andar sozinho, sem ser de mão dada.
Vimos a procissão "do Senhor dos Passos" a passar na Praça Velha.
O avó ia na filarmónica a tocar barítono.
Tesourinho subiu a rua do Galo praticamente sem ser de mão dada. Como estava a procissão a passar o trânsito estava cortado naquela rua.
E tesourinho queria andar livre, mas nas outras ruas já passavam carros. Fez birrinha, lá só ao colo da mamãe é que se calava.
Como estava de óculos de sol também queria que a mamãe andasse com os óculos de sol do papai.
Fiquei cansada, com as pernas moles de andar e ainda por cima com tesourinho.
Voltamos a casa da avó paterna. O avô ainda devia estar a tocar na procissão. A avó estava a trabalhar.
Dei o lanche ao tesourinho, vimos um pouco de televisão e fomos ao trabalho da avó para ela ver o neto.
Claro que avó toda babada foi mostrar o tesourinho aos colegas(as) de trabalho.
Pela primeira vez tesourinho andou de elevador e foi com a avó, quando ela foi à cozinha buscar azeite que precisava. Levou tesourinho consigo para as outras colegas o verem.
A avó trabalha na copa do hospital.
Tesourinho consulou-se a correr nos corredores vazios.
Que diferença faz um domingo, dos dias de semana em que os corredores estão cheios de movimento e gente à espera de consultas e exames!
Mais uma vez se constata que qualquer pessoa pode entrar por um hospital adentro sem que ninguém o impeça. Entramos e ninguém nos perguntou nada.
E assim foi o nosso domingo.

16 comentários:

Ana disse...

E foi muito bem passado...é só passear.

Joquinhas enormes e boa semana

motivoparasorrir disse...

Domingo bem movimentado. MAs me diga uma coisa, dizem que mulher grávida não pode pegar peso, mas como no seu caso que têm filho pequeno como se faz? não pode pegá-lo? Eu vi que vc carregou ele. Eu asvezes fico doidinha, e minha amiga que está grávida de 8 meses e ainda limpa a casa que é enorme? eu sou uma mulher muito medrosa.

Diabinha e Biscoitinha disse...

Que rico passeio sim senhora. O tempo agora até convida a ir para a rua apanhar ar.

Paula disse...

Isto é o que se chama, um domingo em beleza.
Aqui no Porto fez um óptimo tempo. A Martinha correu no quintal da avó. Estes miúdos gostam mesmo é de ser independentes e andarem sozinhos pelo seu pezinho, isto de andar de mão dada é mais para os papás!!! :-))
Beijinhos,
Paula + Martinha

eu disse...

Olá Ana
Os apoios dados nas creches é esse dos descontos conforme o IRS. No continente nos privados não há essa possibilidade porque o estado não paga a diferença.
Só há esse sistema nas associações ou santa casa da misericórdia.
Beijocas

RAlabaça disse...

Grande passeio.
Fico feliz porque a gatinha encontrou um lar para ela. Eu adoro gatos.

Bjs

Raquel

Tânia disse...

Um passeio e tanto.

Beijinhos

kikas disse...

Isso é que foi passear...quanto ao tesourinho devia estar super giro de óculos de sol!
É triste uma pessoa constatar que entra por um hospital e ninguém lhe pergunta nada...como é que é possivel!!!???

Rute disse...

Que domingo em cheio!

Pois é, parece que o tesourinho está a ficar cada vez mais independente, não é?
Ai que eles crescem tão depressa!!!

Beijocas,
Rute e André

Carla Iglesias disse...

Muito bem, isso é que é passear!
Não sei se o tempo está bom mas aqui ,pelo menos no sul está espectacular.dias solarentos e muito quentes a cheirar a verão


Beijinhos
Carla

Sandra disse...

E que dominngo tão bem passado!
E que tesourinho tão maroto!
Bjs

Mamuska disse...

Um fim de semana bem aproveitado! :)
Beijosss

DIANA - MÃE DA MARIA disse...

Belo dia!

Loira disse...

Ai os avós!! Como adoram exibir os netos :)!

Gina disse...

Que bons que são esses passeios... claro que o sol é sempre um óptimo aliado! ;-)
Beijos

Sandra disse...

Isso sim foi um fim de semana...

Imagino como o teu tesouro estava lindo!!!
Pena não termos fotos :O(

Bjinhos
Sandra Brema

Carinhas larocas


Create Fake Magazine Covers with your own picture at MagMyPic.com



Create Fake Magazine Covers with your own picture at MagMyPic.com


Recordando o tesourinho


2º Aniversário de Marco António


3º aniversário do Júlio César

Miminhos